sexta-feira, 15 de setembro de 2006

Primeiro post

Este blog tem como prioridade não ter prioridades... rsrs uma maneira de estudar e me entreter despretenciosamente. Um pouco do meu mundo nesta página. escrevo poemas e adoro escrevê-los. Este poema é, Fernando Pessoa, por isso minha análise.

"Os deuses vendem quando dão.
Compra-se a glória com desgraça.
Ai dos felizes, porque são
Só o que passa!
Baste a quem baste o que lhe basta
O bastantante de lhe bastar!
A vida é breve, a alma é vasta;
Ter é tardar.
Foi com desgraça e com vileza
Que Deus ao Cristo definiu:
Assim o opôs à Natureza
E filho o ungiu"

Acho muito interessante este poema e me faz pensar sobre a vida; espectativas, experiências, sensações plausíveis que espertamente foram passadas para demonstrar o cotidiano das pessoas; realidade profunda e intensa.

* Os versos e poemas a seguir são de minha autoria e não os analiso, pois está sub-entendido minhas experiências, observações, linguagem gramatical(corrijo com tempo) e o principal, uma visão poética. Maneira q encontrei para me expressar. Além, neste blog constar tudo q a mim refere: textos, músicas, arte.