segunda-feira, 26 de fevereiro de 2007

Marcas



A relação entre as pessoas e as marcas que consomem vai além de uma da compra e venda. O consumidor espera que as marcas, além de fornecerem algum tipo de benefício funcional como vestir, matar a sede, transportar, etc, tragam também um conforto psicológico que está ligado à capacidade que ela terá de facilitar as suas relações sociais. Os consumidores tratam as marcas como pessoas e escolhem aquelas que possuem atitudes que sejam relevantes para suas vidas.
Agir de forma transparente e compreender o que realmente os indivíduos esperam delas e, por último, construir suas manifestações de identidade de uma forma que estas possam fazer parte da narrativa das vidas das pessoas, pois uma boa marca precisa ter uma cara, mas nos dias de hoje o mais importante mesmo é ter uma essência.