26 de fevereiro de 2007

Marcas



A relação entre as pessoas e as marcas que consomem vai além de uma da compra e venda. O consumidor espera que as marcas, além de fornecerem algum tipo de benefício funcional como vestir, matar a sede, transportar, etc, tragam também um conforto psicológico que está ligado à capacidade que ela terá de facilitar as suas relações sociais. Os consumidores tratam as marcas como pessoas e escolhem aquelas que possuem atitudes que sejam relevantes para suas vidas.
Agir de forma transparente e compreender o que realmente os indivíduos esperam delas e, por último, construir suas manifestações de identidade de uma forma que estas possam fazer parte da narrativa das vidas das pessoas, pois uma boa marca precisa ter uma cara, mas nos dias de hoje o mais importante mesmo é ter uma essência.

8 de fevereiro de 2007

P: Sublime



E vai explicar...
O mais belo e o mais odiado,
o mais desejado e o mais desesperado.
Quando não se têm
é o mais procurado.
Nos encarna
como tatuagem
irreparável,
fulminante.

Um bote de uma mamba black,
mas sem antídoto para dissolução.
Leve quando leve estamos,
puro quando puro estamos
e drástico quando assim ficamos.

Tem de saber,
aprender,
tem que viver
para podermos vivenciar
a felicidade proporcionada.
A serenidade
é a melhor amiga,
a raiva explodida
é a pior inimiga.
Viver com ele
é para poucos,
sem ele quando nele estamos
é para tristes.

Respeitá-lo para pacientes,
desrespeitá-lo para burros,
pois nunca morre,
apenas adormece
como um dragão
em seu poço fundo e fervente.
Plana no ar...
ou expeli fogo!

Clorets



ahahahahah!!!

1 de fevereiro de 2007

Decisão de Compra



Cliente - Aquele que paga e ñ consome

Consumidor - Paga e consome

Usuário - Não paga mas é o que consome

Situações:

* Decisão de compra pelo Usuário e o Cliente paga sem existir o Consumidor.
* Primeira vez o Cliente decide tendo assim o poder da compra, podendo ou não virar um Consumidor, mas as escolhas seguintes serão decididas por aquele que consome.

Decisão de compra, fator essencial para se fazer um investimento atingindo quem realmente tem o poder de decisão, se não souber fazer esta segmentação terão custos e não um investimento.